“Bugs” De Uma Percepção Imperfeita

Na medida em que a pessoa não completou sua observação do mundo com a percepção espiritual, ela continua passando por vários problemas. Primeiro de tudo, ela tem dificuldade de diferenciar a corporalidade da espiritualidade.

Nós vivemos no plano corporal e temos que encontrar certas condições externas. Temos que organizar o trabalho no grupo, família e relacionamentos de trabalho, bem como a interação entre os amigos, o que fazemos seguindo as regras do mundo corporal que nós aceitamos como parte da governança superior.

É esperado de nós que demonstremos uma resposta dupla, desde os pontos de vista interno e externo. Porém, se virmos tudo através da perspectiva “interna”, por que precisamos disseminar a sabedoria da Cabala para início de conversa? Para quem eu estou tentando levá-la? É para suas partes já corrigidas?

Nossa imagem do mundo ainda é imperfeita; ela se desenvolverá com o tempo. Ela é feita assim de propósito para que, frente à realidade quebrada, a pessoa possa ter livre arbítrio entre dois princípios: “Se eu não sou por mim, então quem é por mim?” e “Não há nenhum outro além d’Ele”.

Em segundo lugar, existem contradições no trabalho com os amigos. Eles estão também completamente corrigidos, ou eu tenho que trabalhar com eles como meus iguais, o que implica em outro tipo de relacionamento e expectativas.

Essa dualidade sempre acompanha um iniciante, e ele tem que aprender a trabalhar com elas. Graças a ela em particular, ao combinar os opostos antes e depois do ato, nós chegamos à correta análise e à sua realização.

[25671]
Da 1a parte da Lição Diária de Cabala, 2/11/10, “Que nível devemos alcançar para que não  seja preciso reencarnar?”

Comente