“O Lugar” Onde O Criador E Eu Nos Encontramos

Dr. Michael Laitman with StudentsPergunta: De onde pode a vir a oração por nossa união e correção? Como eu começo a pedir por ela?

Resposta: Nós clamamos e imploramos pela correção, mas isso é um faz-de-conta, uma falsidade. Nós nem mesmo compreendemos que isso é somente retórica.

Porém, se eu estou trabalhando no grupo e permito que ele me influencie, exercitando assim minha liberdade de escolha, ele me passa seu entusiasmo e me motiva em direção à espiritualidade. Nesse momento, isso não é uma mentira, já que sou inspirado pelos amigos. Mesmo que eu tenha tentado me conectar ao grupo de forma artificial, quando eles me influenciaram, eu comecei a levá-los a sério.

É assim que eu sou feito: eu sou uma pequena partícula no sistema coletivo, que tem funcionado assim desde o começo da criação. Por isso eu não posso fugir da ação do ambiente, por mais que eu tente.

Entretanto, nesse caso, eu quis ser influenciado pelos amigos, e esforcei-me para alcançar isso. Se agora eu me volto ao Criador com o desejo que recebi do grupo, eu receberei imediatamente uma resposta, uma reação. Afinal, esse desejo tem uma natureza singular: o desejo de união.

Quando eu tento me unir com eles sozinho ou clamo ao Criador para ter esse desejo satisfeito, essa é uma falsa exigência. Ela não é considerada uma verdadeira oração (MAN ou Mayin Nukvin, Águas Femininas), mas uma mentira. Embora ela também seja benéfica, no final eu perceberei que isso não funciona.

Porém, quando eu me volto ao grupo, exalto-o e reduzo minha própria importância, e recebo dele um novo desejo, um pedido que mais tarde elevo ao Criador, isso é chamado MAN. Como resultado, haverá uma resposta do Alto chamada MAD (Mayin Duchrin, Águas Masculinas), que realmente me conectará ao grupo, e lá, dentro dele, eu encontrarei o Criador.

Conforme eu contribuo com o grupo através do meu próprio pedido, nessa medida, o Criador será revelado a mim. Porém, nenhum desejo altruísta ou ação pode vir diretamente de mim.

O grupo está entre eu e o Criador, e nós precisamos nos encontrar dentro dele. Eu elevo minha oração ao Criador através do grupo. Em resposta, Ele direciona a resposta a mim através do grupo, com a ajuda da qual eu posso agora elevar-me ao grupo e encontrar o Criador nele.

Entre o Criador e eu, tem que estar o grupo. Por isso que ele é chamado de “lugar” e assim é o Criador, porque lá, Ele e eu nos encontramos.

Da 2a parte da Lição Diária de Cabala 21/11/10, Beit Shaar HaKavanot

Comente