O Zohar: A História De Vida Da Nossa Alma

Dr. Michael LaitmanDurante a leitura do Zohar, nós devemos sempre nos esforçar em ver o sistema de conexão das almas ou a “rede” espiritual por trás de cada palavra. Por trás dos nomes de Simão, Ruben , ou Gade, a “coxa direita” e a “coxa esquerda” do campo de Israel, certas ações, ou “cobras”, não representam um desejo bom ou ruim, mas o seu movimento, a aspiração, isto é, em relação a que ele atua no momento.

Portanto, é desejável perceber O Zohar como uma história da nossa conexão, uma história sobre a imagem ou o padrão que se espera ser revelado entre nós. Não há dúvida de que nós sempre residimos neste estado e só temos que revelá-lo. Por esta razão, nós lemos O Zohar: para aspirar à revelação de sua narrativa.

Agora, nós precisamos dar o melhor de nós para mantermos contato com essa história sobre nós mesmos e não sermos enrolados nela pensando que O Zohar está falando sobre alguns lugares ou eventos distantes. Tudo isso está ocorrendo agora entre nós: no nosso contexto, na garantia mútua, e nosso movimento coletivo.

Da 2 ª parte da Lição Diária de Cabala 11/10/10, O Zohar

Comente