Correção Começa Com “Babilônia”

A criação é geralmente referida como “Babilônia”. Foi criada a partir do desejo que se desenvolveu através das quatro fases da Luz, a descida através dos mundos, do nascimento e da quebra da estrutura de Adão no decurso do qual os desejos de receber e doar se misturaram de modo que cada desejo contenha peças de todos os outros.

Depois, a Luz brilha sobre esse estado quebrado, e os desejos imperfeitos começam a despertar a partir do nível inanimado para o vegetativo, e níveis animado e humano da natureza. Mas junto com o subsequente desenvolvimento do egoísmo nas pessoas, há 5.770 anos atrás, o desejo de doar aparece em uma pessoa, do Adão. Isto inicia o processo de correção e, por essa razão, o tempo é contado a partir de Adão.

Vinte gerações evoluiram depois para a  preparação da correção mútua. A primeira manifestação da ruptura completa é referida como “Babilônia.” Daquele momento em diante, milhares de pessoas seguiram o caminho de Adão com a revelação do Criador, e é por isso que eles foram chamados de “homem”, “o filho de Adão “(Adam Ben).

A Luz continua a derramar sobre todos os desejos imperfeitos, e sua influência evoca neles a manifestação do desejo de doar incompleto, fazendo com que eles sintam desconforto. O homem começa a procurar instintivamente, esperando realizar seu desejo. Ele quer revelar o seu verdadeiro estado e encontrar o motivo para o rompimento das propriedades de receber e doar. Isto é o que o leva para a revelação do Criador.

Da primeira parte da Lição Diária de Cabala de  28/9/10 , “Qual é a Prata, Ouro, Israel, e as Nações no Trabalho”

Comente