Cabalistas Sobre A Torá Oculta E A Torá Revelada, Parte 9

Dr. Michael LaitmanQueridos amigos, por favor, façam perguntas sobre essas passagens dos grandes Cabalistas. Os comentários entre parênteses são meus.

Estudar a Torá Oculta é Preferível à Torá Revelada

 De fato, se examinarmos suas (do Rav Chaim Vital) palavras, elas serão esclarecidas diante de nós tal como estrelas no céu. O texto “ele sai ganhando tirando suas mãos dele (do Talmud), uma vez que ele testou sua sorte nessa sabedoria (revelada)”, não se refere à sorte da inteligência e erudição (conhecimento pelo conhecimento). Pelo contrário, é como explicamos acima na explanação “Eu criei a inclinação ao mal; Eu criei para ela o condimento da Torá”.

Isso significa que a pessoa se aprofundou e se esforçou na Torá revelada (não para obter conhecimento, mas para a correção da inclinação ao mal, o egoísmo), e a inclinação ao mal ainda está no poder e não se fundiu de nenhuma maneira. Isso é porque ela ainda não está a salvo dos pensamentos de transgressão (entendendo que estuda não para corrigir o mal, mas para conseguir uma recompensa), como o Rashi escreve na explanação “Eu criei para ela o condimento da Torá”.

Desta forma, ele a adverte para deixar suas mãos fora dele (do Talmud) e se ocupar com a sabedoria da verdade (Cabalá), pois é mais fácil atrair a luz da Torá enquanto se pratica e trabalha na sabedoria da verdade do que trabalhando na Torá literal.

– Baal HaSulam, “Introdução ao Estudo das  Dez Sefirot”, item 22

Comente