Quando Você Se Abandona, Você Ganha o Infinito

Pergunta: No nosso mundo, as pessoas  se odeiam  e se amam umas as outras, dão presentes uns aos outros ou matam uns aos outros. Mas o que acontece no mundo das almas?

Resposta: As almas têm apenas um objetivo: unir-se até chegar a adesão total, semelhante à forma como gotas de água separadas fundem-se em uma gota. É impossível diferenciar entre elas e uma nova essência é formada – doação mútua.

O mundo material é parte do desejo partido que é corrigido somente no final da correção. Entretanto, nós revelamos o amor acima dela.

Onde há amor, cada pessoa perde a sensação de si própria. Ela torna-se incluída nas outras sem barreiras através da total unificação com elas. No entanto, o ódio anterior preserva suas qualidades “negativas”.

É semelhante ao paradoxo da física quântica onde uma partícula pode estar em dois lugares simultaneamente. Não é porque ela se move de um lugar para outro com velocidade infinita, mas na verdade é localizada em dois lugares ao mesmo tempo, mesmo que seja apenas uma partícula! Como pode ser isso!?

Eventualmente vamos revelar o que existe é apenas uma partícula em todos os lugares, em todo o universo, e é em todos os lugares simultaneamente. Se aceitarmos o fato de que não há velocidade e uma partícula pode estar presente em dois lugares, então nós também podemos aceitar o fato de que ela pode estar em um número infinito de lugares.

Além disso, não tem forma, porque sua forma dependente de onde a descobrimos. Assim, verifica-se que não há nada além de um ponto que o Criador criou “da ausência” (Yesh Mi Ein), e tudo mais é derivado do mesmo!

Portanto, quanto mais nos aproximamos da espiritualidade, mais veremos que não há nenhuma maneira de falar de espiritualidade que não seja através da linguagem dos livros cabalísticos.

Da 4a. parte da Lição Diária de Cabala de 26/9/10, “600000 Almas”

Um Comentário

  1. Rav Laitman
    Obrigado por mais esta explicação

Comente