Cabalistas Sobre Cabalistas, Parte 15

Queridos amigos, por favor, façam perguntas sobre essas passagens dos grandes Cabalistas. Os comentários entre parênteses são meus.

Seguindo os Caminhos dos Cabalistas

Assim você vê que em assuntos espirituais, a autoridade do coletivo (de se organizar de acordo com seu entendimento no nível terreno) é submetida (para obedecer ao líder espiritual no seu ascenso espiritual obrigatório porque eles não têm e nunca terão seu próprio entendimento do caminho para a meta) e (no desenvolvimento espiritual obrigatório das massas) a lei de “assemelhar-se ao individual” é aplicada, isto é, o desenvolvimento individual. Pois é simples de se ver que os desenvolvidos e os educados em cada sociedade são sempre uma pequena minoria. Segue-se que o sucesso e o bem estar espiritual da sociedade estão contidos e selados nas mãos da minoria (está determinado pelo seguimento do desenvolvimento individual).

Desta forma, o coletivo é obrigado a guardar meticulosamente todas as opiniões de poucos, assim eles não irão desvanecer-se do mundo. Isso é porque eles precisam saber com certeza, em completa confiança, que as mais verdadeiras e desenvolvidas opiniões não estão nunca nas mãos da autoridade coletiva (os saudáveis e poderosos,os políticos, ou cientistas externos), mas ao invés nas mãos do mais fraco, isto é, nas mãos da minoria indistinguível (os Cabalistas). Isso é porque cada sabedoria e tudo o que é precioso vem ao mundo em pequenas quantidades. Assim, somos advertidos a preservar as opiniões de todos (espiritualmente desenvolvidos) os indivíduos, devido à inabilidade do coletivo de distinguir o errado do certo entre eles.

– Baal HaSulam, “A Liberdade”

Comente