A Batalha E A Unificação Dos Opostos

Estado 1 (nosso estado presente) é “doação” para si mesmo, o que compreende nosso prazer e o desejo de satisfação. Estado 2 (o estado que desejamos alcançar) é doação ao Criador, o que irá constituir prazer para nós. E nisso está a contradição.

Na “doação” para si mesmo, a ação em si, o trabalho, e a recompensa estão todos em uma direção, em uma linha. Assim, é chamado de Luz Direta, e tudo está claro para nós aqui: o começo, o fim, e a realização dessa meta final estão dirigidos em uma direção: em direção a mim.

Mas se eu desejo ter prazer em doar ao Criador, então o problema da intenção oposta e o resultado surgem. Eu preciso corrigir minha intenção, e isso vai contra meu desejo! Doar ao Criador deveria se tornar em recepção de prazer para mim. E eu preciso me alegrar uma vez que esse é o plano da criação. E a alegria deveria vir da doação, e isso é completamente oposto a mim.

O propósito da criação é o prazer, e a correção da criação é a doação. Porém, essas duas condições se contradizem. Esse é o obstáculo principal e a dificuldade da nossa percepção, que constantemente bloqueia nosso caminho, nos privando da oportunidade de realizar o que foi planejado.

Temos que exercer grande esforço e executar um trabalho enorme por um lado, e ainda assim por outro lado, seu resultado não depende de nós; ele é dado do Alto. Enquanto isso, nós somente revelamos nosso desejo através de nosso trabalho. Nós não obtemos a meta, mas, sim, obtemos um Kli, um receptor que pode contê-la.

Desta forma, esses dois opostos (doação ao Criador e o prazer que deriva disso) irão se unir a partir da adesão com Ele. E somente a Luz Superior, que muda nossa natureza, pode nos trazer à adesão.

Nós precisamos mudar do estado no qual o coração controla a pessoa (e por essa razão a Cabalá considera tal pessoa como “malvada”) a um estado onde o ser humano em nós governa sobre o coração e assim a pessoa é chamada de “justo”. E só existe uma solução para alcançar isso: o grupo Cabalístico, que é um modelo, um exemplo, e a moldura na qual podemos nos examinar e ver em que medida correspondemos a essa meta ou não.

O grupo é capaz de me convencer que eu não tenho nada mais valioso do que doar ao Criador! Por outro lado, porém, eu chego à conclusão que eu sou incapaz de nada, e somente o Criador pode me ajudar. Dessa maneira eu alcanço o desejo necessário, a prece.

Porém, agora nos faltam esses dois opostos: Keter e Malchut, a Luz Direta e a Luz Refletida, a correspondência oposta à Luz e ao desejo. Tudo isso está contido somente no Kli corrigido que tem uma intenção contra o desejo.

Precisamos construir esse modelo das 10 Sefirot dentro de nós mesmos pela primeira vez. Então, teremos a estrutura interna, como a primeira célula de um novo organismo, desde a qual o embrião da alma irá se desenvolver.

Comente