Vamos Concordar Com Seu Plano

Dr. Michael LaitmanVocês se lembram da história sobre o mago bom? Ela diz que as pedras, as flores e os animais foram incapazes de dar ao Criador um desejo suficiente para a realização que Ele queria conferir-lhes, ou de retribuir o Seu amor e doação. Somente o homem pode compreendê-Lo, senti-Lo, e ser como ele. É por isso que os dois são capazes de atingir a união entre si.

Nós temos que alcançar a união entre nós mesmos, assim como este homem (que incorpora a todos) fez com o Criador. Nós temos que compreender que a união é a melhor coisa possível, e é a razão pela qual o Criador nos quebrou em duas partes, para que nos uníssemos. Ele nos diz: “Se vocês se tornarem tão grandes, como amigos que se amam e se unem como um homem com um coração, vocês serão capazes de compreender, sentir, e se juntar a Mim!”.

É evidente que isso exige um trabalho enorme. A Torá fala sobre como os anjos (ou seja, as forças da natureza ) não compreendem o plano do Criador antes da criação desenvolver-se até a fase final, a quarta fase. A compreensão surge somente neste último nível, o nível humano, como está escrito: “Este campo tem sido semeado para mim”. Isso significa que tudo é feito por causa do homem, mas é impossível entender o objetivo final até que o desejo se desenvolva a este nível. Esse é o significado do verso: “Não mostre a um tolo um trabalho pela metade”.

Os anjos são forças dentro de nós que ainda estão subdesenvolvidas e não compreendem o plano do Criador, ou a necessidade deste desenvolvimento. Dois pontos, o ínicio e o fim da criação, já estão definidos previamente e determinam tudo que acontecerá no caminho entre eles. Se nós unirmos esses dois pontos, o ponto inicial e o ponto final , revelaremos imediatamente todo o programa do Criador, do início ao fim. Ele ficará claro, juntamente com todos os seus detalhes. Assim, nós só teremos que implementá-lo na prática, mas não teremos quaisquer dúvidas ou questões sobre o que está acontecendo.

No entanto, há apenas um pequeno acréscimo que ocorre dentro deste programa: ele se chama “o nosso livre-arbítrio”! É o esforço necessário que vem do próprio homem, onde o homem tem que compreender e desejar, por vontade própria, fazer parte do maior programa do Criador.

Então vamos concordar com o programa, assim como os anjos ouviram a explicação do Criador e concordaram com ela.

Comente