Não Chore No Deserto

O Criador nunca nos unirá “porque”, a unidade não vai acontecer até que nós pedimos por ela. Devemos perceber que o que falta e só o desejo da unidade. O desejo de unidade fica em frente de todos os outros desejos que surgem, desejos, cujo propósito é obscurecer o nosso anseio pela unidade. Erguendo-se acima de todos os obstáculos que só aumentam o nosso desejo de se unir, o desejo de unidade irá crescer tão intenso que vamos começar a chorar. Essa é a nossa meta, em frente a todos os outros desejos, como está escrito: “E os filhos de Israel clamaram por causa da escravidão.” Somente com este grito a vontade do Criador nos unirá. Se você ficar sentado e esperando para que este tome seu próprio curso, ela nunca vai vir. Nenhuma ação espiritual irá ocorrer até que haja um desejo completo e definitivo para ele.

Tal desejo deve ser uma chama dentro do grupo. Certifique-se de acordar os outros e exigir que eles despertem você. Esteja disposto a pagar qualquer preço para que possam ser acordados e que mantenham você acordado.

Só o nosso clamor coletivo pode nos salvar. Há muitas pessoas que estão ansiosas para chorar sozinhas, mas o Criador não as ouve porque esta é uma voz que clama no deserto. No entanto, se nós choramos juntos como um todo e, se possuirmos apenas um desejo comum, o esforço, o objetivo, Ele nos ouvirá, porque uma vez seremos semelhantes a Ele em nosso desejo.

Do contrário, não há nenhuma maneira de chamar a Luz que Reforma. Você não tem o desejo de receber essa Luz. Tem que corrigir o egoísmo e a separação em doação e de interligação. No entanto, ainda não sente a necessidade de tal correção.

Temos que examinar a nós mesmos para ter certeza de que todas as nossas ações são destinadas exclusivamente para a realização da oração em comum: o desejo de que todos devem corresponder ao objetivo comum para que todos estejam unidos em um clamor comum. Esta é uma oração que receberá uma resposta.

Da 1a. parte da Lição Diária Cabalá de 30/6/10, Artigo, “Agora você está de pé frente a todos”

Material Relacionado:

A Unidade É Uma Nova Realidade

Comente