Como Lidar Com “Cobras Venenosas”?

Um breve resumo da porção semanal da Torá “Chukat” Parte 7: Mais uma vez, a nação começa a queixar-se de ter partido do Egito. Em contrapartida, o Criador envia cobras que matam muitos, e então a nação pede a Moisés que reze para a aflição ser removida. Moisés reza por eles e recebe as instruções sobre como resolver a situação com a ajuda de uma “serpente de bronze.”

Durante todo o caminho espiritual, uma pessoa torna-se confusa com várias perguntas e não sabe o que fazer. Ele se curva sob esse fardo, provocando o aparecimento de “cobras venenosas,” desejos de prazer instilados no próprio fundamento da criação. No entanto, aparentemente por criar uma “serpente de bronze” uma pessoa pode ajudar a si mesma. Ela começa a entender e sentir que tudo o que ela percebe não é realmente vivo, mas é na verdade uma estátua “.

Se as cobras vêm de fora, elas parecem ser uma manifestação da força do Alto. Quando uma pessoa tenta criá-las em si própria, torna-se claro para ela que elas não têm nada a ver com a Força Superior, mas que são um produto da sua própria imaginação, e que vêm a ela como um obstáculo tolo neste caminho.  É por isso que, logo que Moisés construiu uma serpente de bronze, o problema foi resolvido e o povo de Israel não tinha mais esse problema.

Esta é uma das maneiras que a Torá usa para nos explicar como se defender e corrigir a nós mesmos. A “serpente de bronze” é um método extremamente interessante para assumir os nossos  “maus desejos” (nosso egoísmo). Nós construímos a nossa própria oposição para que possamos reconhecer que é apenas uma ilusão. Você pode dizer a diferença desde que você for aquele que constrói o “ídolo”. Chamá-lo de “terapia ocupacional”, se quiser. Isto é como uma pessoa se livra do problema, evocando uma “serpente” por dentro. Sem precisar dizer que todas essas ações são internas.

Um comentário que recebi: Por um lado, ele diz: “Não fazer um ídolo”, mas nesta situação, é o Criador, que ordena a Moisés para fazer um ídolo.

Minha Resposta: Isso é correto. Às vezes é preciso se comportar como fazemos com nossos filhos. Para parar os seus medos, deliberadamente o forçamos fazer o que eles têm medo : “Vamos chegar mais perto deste cão e você verá que não vai machucar você.”

Você olha para as imagens e acha que elas são enviadas para você pelo Criador e que a “serpente” é uma manifestação da Força Superior que controla você. Mas o Criador diz: “Não, faça a mesma coisa e você verá que é você que imagina, você desenha a imagem desta serpente. Na verdade, não há nada lá, só parece que existe com você.

Se você fizer um “ídolo”,  você vai ver que ele está vazio, que estas “cobras venenosas” que vêm assustá-lo não contêm nada exceto o que você colocar em si mesmo. Você as criou e não a Força Superior. Construa uma e você verá que é verdade. A “serpente de bronze” é uma cura que nos permite tratar os nossos desejos egoístas corretamente.

Da Lição da Noite Sobre Zohar 6/14/10

Material Relacionado:

A Serpente é o Anjo da Ajuda
Livrar-se Das Garras Do Engano

Um Comentário

  1. Achei excelente a explicação deste tema, porque na verdade, sempre tive dúvidas e agora foi como se uma grande luz desvendasse o que eu não enxergava.
    Obrigada mais uma vez.
    Que o Eterno o ilumine cada dia.
    Shalom!

Comente