A Luz No Limiar Da Revelação

Lag BaOmer (o dia 33 do Omer) é um dia especial, quando a Luz começa a entrar em Malchut do Sefirot Superior. A Luz vem até nós a partir do Infinito, passando pelo Mundo de Adam Kadmon, o Mundo de Atzilut, em seguida, através Partzufim Atik, Anpin Arich, Aba ve Ima, e Zeir Anpin, até chegar às almas.

Zeir Anpin contém sete Sefirot, cada um dos quais contém sete Sefirot. No total, 7 × 7 = 49. Malchut é a Sefira 50. É assim que nós contamos os dias do Omer, à entrada da Luz em Zeir Anpin, e no dia 50, em Malchut. Ou seja, quando nossas almas, que estão incluídas no Malchut, começam a receber a Luz.

A unificação (Zivug) de Zeir Anpin com Malchut acontece no dia 50, mas a Luz entra Zeir Anpin completamente no dia 33, quando entra na Sefira Hod de Hod. Assim, há Hesed, Gevura, Tifferet e Netzah, com sete Sefirot dentro de cada um deles. Isso se soma a 28, e há cinco Sefirot mais Hod (Hesed, Gevura, Tifferet, Netzah e Hod), o que equivale a 33 (Lamed Gimel – Lag).

Neste dia comemoramos a entrada da Luz em Malchut de Zeir Anpin, significando que a Luz Superior entra no sistema sob o qual ele já se refere às almas. Se chega a este lugar, então não há dúvida de que vamos receber essa Luz. Nós começamos a senti-la e se preparar para a sua revelação.

O tempo a partir do dia 33 até o dia 50 já está preparado. A Luz continua a descer mais para baixo e adapta-se para entrar na alma. Uma pessoa que já está no mundo espiritual, sente-se esta preparação, que tem lugar antes da recepção, o presente especial da Luz Superior, chamado Zohar.

É por isso que nós celebramos este dia. Rabi Shimon saiu deste mundo, porque ele completou sua missão. Ele não tinha mais nada para fazer neste mundo, porque ele passou a Luz superior através de todos os Sefirot para baixo a Malchut de Zeir Anpin. Com isso, ele completou o seu trabalho.

Juntamente com seus alunos, ele conduziu a Luz de todo Infinito através dele como através de um filtro especial, preparando-a para ser recebido por nossas almas. Este é o principal trabalho que realizaram. Agora, quando olhamos para dentro deste livro, mesmo sem entender as palavras, com nosso desejo de nos unirmos com o sistema que preparou para nós e, através dele recebemos a Luz.

Da palestra em honra a Lag B’Omer 01/05/10

Mateiral Relacionado:
O filtro para os desejos

Comente