Cabalá Não É Sobre Promessas Vazias

A sabedoria da Cabala rejeita o conceito da morte revelando assim a única ação que somos capazes de realizar. Em tudo somos totalmente dependentes da natureza e agimos involuntariamente. Nós passamos nossas vidas inteiras tentando ignorar a morte, como se nos medicassemos a fim de evitar a verdade. É um jogo que nós jogamos, perseguindo o dinheiro, honra e poder dentro de uma realidade imaginária.

O que fazemos com a ajuda da Cabala? Ela oferece uma solução para esse dilema humano fundamental, explicando como chegar até a vida eterna aqui e agora. Estamos mostrando como fazer, gradualmente, a transição para uma dimensão adicional, sem deixar esta vida – na verdade – nos tornamos totalmente integrados, juntamente com ele.

Este é o significado de “liberdade do anjo da morte”, descrito na Torá como a aliança esculpida em tábuas de pedra. A Torá oferece: “Coloco diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição. Por isso escolhemos a vida … (Deuteronômio 30:19).

“No entanto esta oportunidade estava escondida, e as pessoas aprenderam a distrair-se. Portanto, a disseminação da Cabalá tem que incluir a explicação desta escolha. Em outras palavras, a Cabalá não só leva a uma boa vida na terra, mas também ajuda a alcançar a existência eterna. Quando as massas chegarem a essa conclusão então elas não fugirão da idéia da morte.

A prática do avanço espiritual prova que uma pessoa começa a adquirir esta realização (pressentimento) somente após os estudos iniciais, que trazem a influência da Luz superior. Então, lhe é concedida uma chance para a eternidade sentida na medida em que se move mais perto da propriedade do Criador (doação, Hafetz Hesed). Ao fazer isso, uma pessoa entra na eternidade e já está presente no fluxo infinito da vida. Esta oportunidade está disponível para todos.

Partir da 3 ª parte da lição Diária da Cabalá do dia 15/3/10, do artigo “A Liberdade”

Mensagens relacionadas:
Liberdade: Alcançar a Eternidade
O Método Do Nascimento Espiritual

Comente