O Egoísmo Crescente é a Única Razão para Todas as Nossas Doenças

lifeDuas perguntas eu recebi em relação às tendências modernas no sexo e na reprodução:

Pergunta (em resposta à minha postagem, Os Efeitos do Egoísmo Crescente nas Crianças):Isto é muito enigmático para mim. Na minha opinião, a atividade sexual em idade precoce também pode ser explicada pelo desejo de ser amado ou pela falta de carinho da família. Em todo caso, eu não consigo entender como você chegou às suas conclusões. Você poderia explicar?

Minha Resposta: Tudo é explicado pelo egoísmo crescente, porque ele é a base fundamental da Natureza e a única coisa que muda.

Pergunta (em resposta à minha postagem, A Falta de Desejo de se Reproduzir é o Egoísmo ao Extremo):A sua resposta dizia: A falta do desejo de se reproduzir é a forma extrema de egoísmo. Por quê? Eu estou interessado em compreender o egoísmo, mas esta afirmação parece muito ampla. Você poderia me explicar com mais detalhes, porque isso é extremo? Parece que a palavra é um pouco exagerada. Você não precisa entender a situação na qual a pessoa tomou a decisão de não se reproduzir, se ela tem relação com a saúde, economia, sociologia, problema emocional e assim por diante. Existem muitos fatores que podem afetar o raciocínio para não se querer reproduzir.

Eu concordo que algumas vezes o ego seja um fator, mas não o tempo todo e, certamente, não extremo. Uma declaração absoluta como esta parece um pouco inapropriada quando se fala de egoísmo.

Minha Resposta: Tanto a reprodução como o seu término são egoístas. No último caso, porém, em vez de pensar sobre as crianças, a pessoa pensa sempre e somente em si mesma. Portanto, a decisão de não se reproduzir é a negação extrema da Natureza.

Comente