Os Pensamentos são o Meio para Satisfazer os Nossos Desejos

Can We Control Our ThoughtsO Criador criou o desejo de desfrutar, e nada mais foi criado além deste desejo. Um desejo maior pelo prazer domina um desejo menor. O pensamento ou a mente nos ajudam a ir de um desejo para outro, de um estado para outro, de um determinado tipo de desejo para outro tipo.

Os desejos são a matéria da natureza. Entretanto, o pensamento é o meio, o instrumento que nos ajuda a utilizar os desejos, a nos deslocar dentro do campo de forças desses desejos – de uma força maior de desejo para uma menor, ou vice-versa, como se aproximar cada vez mais de um ímã ou se afastar cada vez mais dele. O pensamento é a força do movimento entre os desejos. Ele permite com que eu mude a minha posição entre os diferentes desejos, deslocando-me entre eles. No entanto, não importa em que desejo eu esteja, ele ainda me domina.

Portanto, eu preciso usar o poder do pensamento para me ajudar a entender e me a convencer de que o meu desejo, o meu estado, e as circunstâncias em que eu estou, são ruins. Há circunstâncias melhores, mas para chegar lá eu tenho que mudar o meu desejo com a ajuda dos pensamentos. Eu tenho que me transferir de uma onda do campo de força desses desejos (a intensidade do campo) para outra onda (intensidade), como a carga num campo magnético.

Na ciência Cabalística, a análise do pensamento do desejo, dentro do qual eu estou, é chamada de realização do mal. O desenvolvimento do pensamento em mim ocorre sob a influência do ambiente ou sob a influência da Luz Superior. Desta maneira, nós podemos “fluir” através do campo dos desejos, alternando entre eles, de um desejo menor para um desejo maior. O pensamento (a realização do mal) nos ajuda a ir de um estado ou de um desejo para outro.

Assim, a mente e os sentimentos trabalham em nós indistintamente. No entanto, nós sempre nos movemos de acordo com um esquema: o desejo – o pensamento – o desejo.

Comente